X

Gasolina comum, aditivada ou etanol: Qual a melhor escolha?

Natália 16 de Março de 2021

Gasolina comum, aditivada ou etanol: Qual a melhor escolha?


O Historicar elencou algumas informações importantes para você levar em consideração na hora de abastecer

 

 Se a sua escolha na hora de abastecer é feita no modo automático - escolhe rápido e já informa logo o frentista - ou se você nunca parou para avaliar os prós e contras dos diferentes tipos de combustível, então esse texto é para você. Especialmente em um ano com disparada nos preços, fazer uma escolha crítica, mais do que consciência, é, também, uma necessidade.

Confira as dicas que a Historicar escolheu para ajudar você na hora de encher o tanque. Afinal, qual a melhor escolha entre gasolina comum, gasolina aditivada e etanol?

 A gasolina, por seu tempo de mercado e tradição, se tornou a opção número 1 para veículos automotores de forma geral, além do seu uso facilitar a busca por um mecânico que saiba resolver problemas em motores movidos pelo combustível. Porém, a começar por um ponto de alerta, a gasolina apresenta uma taxa considerável de ineficiência em relação ao etanol, além do seu alto risco de adulteração.

 Já na hora de olhar para a gasolina comum e a aditivada, a primeira - mais popular - oferece potência e não sai perdendo em relação à segunda - mais sofisticada. A aditivada, por sua vez, tem menor ocorrência de adulteração, por ter uma venda menos comum, e apresenta aditivos detergentes e dispersantes que beneficiam o sistema de alimentação do veículo.

 E o etanol? Mais barato e mais nobre? Depende! Com composição totalmente diferenciada, extraído de recursos renováveis e com menor emissão de gases poluentes - uma opção “verde” para você que leva isso em conta na hora de escolher -, o etanol ainda tem um ponto a desejar: precisamos de maior quantidade na queima para atingir a mesma energia da gasolina. Ou seja, a maior potência que o álcool pode dar ao veículo também exige um gasto maior de litros do combustível.

 Uma vantagem que pode ser levada em consideração é que o uso do etanol garante os bicos ejetores limpos por mais tempo, capacidade que é reduzida na gasolina por não contar com aditivo que impeça a formação dos resíduos. Ter um motor flex é crucial para o uso do etanol, especialmente para evitar o desgaste da mecânica do carro. No entanto, o álcool ainda é uma opção muito visada levando em conta o lado financeiro.

 Além de todos os prós e contras de cada tipo de combustível, no atual momento de crise sanitária e econômica que o Brasil enfrenta devido à pandemia, o motorista ainda precisa considerar um fator importante: o preço. Um exemplo da oscilação é que o etanol hidratado - que abastece o tanque - já apresenta, no início do segundo trimestre de 2021, preços em disparada por todo o Brasil, superando o valor da gasolina de um ano atrás. A gasolina também segue em alta e se aproxima da faixa de R$ 6.

 

Agora que você já tem informações valiosas sobre tipos de combustível, se for pesquisar por um carro seminovo, comece a levantar o passado do veículo digitando apenas a placa, acesse: www.historicar.com.br.

Envie-nos suas dúvidas e sugestões através do formulário abaixo.



Tags:

Autor:
Natália

Next Post

Próximo Post

Tudo que você precisa saber para tirar a primeira CNH

16 de Março de 2021

Posts relacionados