X

Veja o que fazer se tiver o veículo clonado

Natália 03 de Agosto de 2020

Veja o que fazer se tiver o veículo clonado


 Você já se deparou com a seguinte situação: você está em casa e recebe uma infração de trânsito de um lugar que não faz parte da sua rota e nunca esteve lá? É mais comum do que você imagina.


 Geralmente, a quadrilha utiliza um veículo roubado, na grande maioria das vezes sendo do mesmo modelo e cor do seu veículo, utilizando a mesma placa que a sua, chamado popularmente de “veículo dublê”.

O que fazer?

 Primeiramente você deve ir imediatamente registrar um B.O. na delegacia mais próxima. Após isso, deve-se juntar os documentos de CPF, RG, o boletim de ocorrência, as multas indevidas juntamente com CRLV original e se encaminhar ao departamento de trânsito do seu estado para abrir então, o processo administrativo de análise de veículos com suspeita de clonagem. Desta forma, será dado baixa na pontuação decorrente das infrações não cometidas e a troca da placa. O ideal neste caso, é que você possa entregar fotos e outras provas que você tiver do veículo para anexar ao processo.

 Lembrando que você só pode iniciar esse procedimento se todos os débitos estaduais estiverem quitados, como IPVA, licenciamento e DPVAT, com exceção das multas vinculadas ao veículo clonado. O motorista não terá nenhum custo com a instauração da troca da placa, porém o custo das chapas será de responsabilidade do condutor, valor é variado por cada estado.

Compra de carro usado

 Na hora de comprar um veículo seminovo, você precisa também ficar ligado, pois assim como utilizam veículos clonados para atos ilícitos, os mesmos podem anunciá-los para venda com documentos falsificados e um preço de “barganha”. Antes de fechar o negócio, faça a comparação com o número do chassi com a marcação nos vidros do carro e se há erros visíveis no CRLV.
 Se ainda ficar na dúvida e quiser ficar mais seguro na compra, é válido realizar uma consulta sobre os dados do automóvel para checagem.

Comprei um veículo clonado, e agora?

 Após todos os trâmites da compra, você percebeu que seu veículo é clonado. Deve ser feito o B.O. imediatamente após o descobrimento e realizar um registro da condição no Detran para ser averiguado o caso e assim, regularizá-lo de acordo com as normas estabelecidas por eles. É válido também entrar com um processo judicial contra o vendedor do veículo, muitas vezes é possível requerer indenização por danos morais e materiais do mesmo. 

Envie-nos suas dúvidas e sugestões através do formulário abaixo.



Tags:

Autor:
Natália

Next Post

Próximo Post

Como funciona a restituição de IPVA

03 de Agosto de 2020

Posts relacionados